usineiros pazzi

 
Ademir Furtado
Aleta Dreves (Acre)
Carlos Rodrigo Schönardie
Claudiom dos Santos
Deise Martins (São Paulo)
Lucas Colombo
Malu Cardinale
Márcia Schmaltz (China)
Raquel Figur (Inglaterra)
Ricardo Moresi (Alagoas)
+
Encontros Caóticos
Entrevista
Eu e mim mesmo
 

 

 

expediente
 

Diretora de Redação
Maria Luiza Cardinale Baptista (Mtb 6199/25/71)

Editor
Lucas Colombo

Webmaster
Maikel Lersch

Assistente de Comunicação
e Planejamento
Deise Tagiane

Usina Pazza é uma publicação da Pazza Comunicazione, destinada
à informação e análise
de temas relacionados
à comunicação e cultura
do Brasil e do mundo.

Os textos são de inteira responsabilidade
de seus autores. 

 
Prosear
 
Minicontos pós-modernos

Adolescência
Oi.
Tchau.
Mais do que isto era invasão de privacidade.

Era uma vez
Formavam um casal perfeito.
Um dia resolveram não se casar. E aí foram felizes para sempre.

Permissivas
A noite prometia ser divertida.
Colocou seu melhor vestido, sandálias de salto alto e, antes da maquiagem, com muito esmero, fez a barba.

 

Poemetos

Delírios

Visualizo e persigo
uma árvore alta
mordo seus frutos
fico farta
mas meu lado selvagem
ainda quer a outra metade
aquela que sempre me escapa.


Haicai 1

Noite de luar
a fruta proibida
Habita o meu pomar.

Haicai 2

Vaga lume
Vagando só
Vaga tristeza

Haicai 3

Quando tocas o meu céu
Lá fora pode chover
Em mim faz sol.

 
 
 
     Associado ao Minimalismo, o miniconto, ou microconto, é um dos destaques da literatura contemporânea. Tem características próprias, o que não recomenda sua definição como, simplesmente, um ‘conto pequeno’. Os críticos literários, porém, não chegam a considerar o miniconto um novo gênero.

     O escritor guatemalteco Augusto Monterroso (1921-2003) é autor do miniconto mais célebre, “O dinossauro” (1959), feito com apenas trinta e sete letras: “Quando acordou, o dinossauro ainda estava lá.”

     No Brasil, chamou atenção a coletânea Os cem menores contos brasileiros do século (2004), organizada por Marcelino Freire. Para a obra, cem escritores foram convidados a produzir contos com, no máximo, 50 letras.

 
 
 
 

Pare & Pense

galeria

Produto da Rua

Nas fotos de
Romulo Lubachesky,
os trabalhadores das
ruas de Porto Alegre
como você nunca viu.


REFLEXÕES...

O segredo de uma boa velhice não é outra coisa que um pacto honrado com a
solidão.
Gabriel García Márquez
escritor colombiano
que completa 80 anos
em 2007

 

 
Pazza Comunicazione, 2006
usina.pazza@pazza.com.br